O carro do futuro vai ler o seu pensamento

Fala-se muito sobre condução autónoma como o futuro do sector automóvel, mas já alguma vez pensou que o seu carro do futuro possa chegar a ler-lhe o pensamento? Se as previsões da Nissan se fizerem realidade, será isso o que vai acontecer.

Este fabricante de veículos está a desenvolver uma tecnologia capaz de ler a mente do condutor e, com efeito, já conta com os sistemas necessários para a aplicar. Esta tecnologia permitiria que, no futuro, o veículo pudesse reagir perante as suas intenções. Ou seja, se sabe que quer virar à esquerda, não será necessário por as suas mãos ao volante: o carro vai sabê-lo e mudará de direção. A Nissan considera que interpretar os sinais do cérebro pode melhorar de forma notável a experiência de condução ou mesmo criar uma inteligência artificial mais evoluída para os seus carros autónomos.

De momento, o condutor teria que usar um gorro com elétrodos capaz de identificar esses sinais cerebrais e interpretar as suas reações. No futuro espera-se que não seja necessário a utilização desse gorro para melhorar os sistemas preditivos dos carros, mas algum método mais confortável.

Este sistema ajudaria o carro a antecipar-se aos nossos movimentos num tempo de resposta record. Por isso, esta tecnologia seria aplicável enquanto continuarmos a conduzir, mas também quando os carros forem totalmente autónomos, para que adaptem o seu estilo de condução às nossas preferências.

Vulco é o médico do seu veículo. Encontre aqui a sua oficina de confiança.


Pesquisa

Categorias

Arquivo

Etiquetas