O que acontece se não mudar o óleo e o refrigerante?

Vai deixando passar o tempo. Nunca encontra o momento certo. Como o carro continua a funcionar, ignora a quilometragem e o calendário e decide adiar um pouco mais a hora de visitar a sua oficina de confiança. Mas tenha atenção: uma avaria derivada de não mudar o óleo quando deveria poderá custar o mesmo do que várias revisões.

A manutenção periódica de um veículo é fundamental para a segurança viária e também para evitar avarias importantes. Por isso, deve ter em mente que visitar a oficina é uma forma de poupança e não de gasto. Entre os elementos que deve substituir nestas visitas encontram-se o lubrificante e o refrigerante.

Na verdade, se não mudar a tempo o óleo e o filtro correspondente pode deparar-se com uma avaria do motor por falta de lubrificação. Solucioná-la poderia chegar a custar-lhe 2000 euros, podendo até colocar em perigo a sua vida devido à rotura do motor em pleno trajeto. Com o tempo, os lubrificantes perdem eficácia, pelo que é importante mudá-los quando o fabricante o indica.

Caso não renove o líquido refrigerante quando for necessário e caso circule com menos quantidade da necessária, pode deparar-se com um sobreaquecimento do motor que também pode terminar com uma avaria importante. Não só: se o líquido não estiver em condições, no inverno podem ocorrer congelações no circuito que podem provocar mais de um problema.

Por estas razões convém verificar de forma periódica o nível destes dois fluidos e mudá-los no momento oportuno, especialmente se o seu veículo tiver já alguma antiguidade.

Vulco é o médico do seu veículo. Encontre aqui a sua oficina de confiança.

Foto: Tim Mossholder


Pesquisa

Categorias

Arquivo

Etiquetas