O seu carro cheira a queimado? Estes podem ser os motivos

Recentemente contámos-lhe como eliminar cheiros do carro de forma eficaz. Mas se calhar já sentiu um alarmante cheiro a queimado. As causas na origem desta anomalia podem ser diversas.

Se o odor proceder do interior do veículo, as causas podem estar relacionadas com alguns materiais do habitáculo que se viram submetidos a temperaturas muito elevadas. Plásticos, adesivos e espumas podem estar na origem desse cheiro, bem como os próprios tapetes.

No entanto, se notar que o cheiro procede de fora do compartimento, isso pode estar relacionado com sistemas como a embraiagem ou os travões. Por exemplo, no caso dos carros com mudanças manuais, pode ter-se queimado o prato da embraiagem devido a uma condução incorrecta. Isto pode acontecer, por exemplo, se se deixar o pé no pedal de embraiagem ou devido a uma sobrecarga que produza um deslizamento.

No caso dos travões, pode notar um cheiro estranho ao pisar o pedal. É possível que proceda das pastilhas de travão, cujo material de fricção contém pó metálico, adesivos e outras substâncias. Se trava de forma frequente, a temperatura da pastilha pode subir e decompor esses materiais, libertando gases que provoquem esse cheiro.

Também deve verificar que não arrancou com o travão de mão acionado. Se tal acontecer, irá notar uma forte resistência ao avançar e um cheiro a queimado que procede da parte de trás do carro.

Vulco é o médico do seu veículo. Encontre aqui a sua oficina de confiança.

 

Pesquisa

Categorias

Arquivo

Etiquetas