Sabe por que é que este Porsche único não foi vendido?

Há histórias incríveis à volta dos carros, mas que um tenha ficado sem vender por não ser suficientemente caro certamente não é habitual. Foi este o caso de um Porsche Type 64 de 1939, do qual apenas se fabricaram três unidades. É considerado um dos mais importantes da história.

Acontece que estava previsto que uma dessas unidades fosse leiloada, a propósito do concurso de elegância Pebble Beach. Durante as licitações parecia que o veículo poderia alcançar os 70 milhões de dólares. No entanto, tratava-se de um mal-entendido: apenas se chegava aos 17 milhões. Nessa altura, já ninguém queria o carro.

O erro surgiu logo no início do leilão, quando se registou uma licitação de 30 milhões de dólares (thirty em inglês) em vez da correta, que era de 13 milhões (thirteen). Aconteceu o mesmo que na última licitação, que se pensou ser de 70 milhões (seventy), quando na realidade era de 17 (seventeen). Os erros nas quantidades foram-se acumulando, surgindo até nos ecrãs de forma incorreta.

Assim, quando todos pensaram que o Porsche ia bater todos os records num leilão, afinal não foi assim. Após a licitação de 17 milhões de dólares, todos os potenciais compradores perderam o interesse no carro. Como não alcançou o preço de reserva, foi retirado do leilão e ficou por vender.

Vulco é o médico do seu veículo. Encontre aqui a sua oficina de confiança.

Fonte: Motorpasión

Imagem: Lothar Spurzen


Pesquisa

Categorias

Arquivo

Etiquetas