Problemas com o alinhamento dos pneus? Aprenda a detetá-los.

O correto alinhamento dos pneus não só ajuda a garantir que o teu carro vá na direção que pede, como também aumenta a segurança do carro, além de poupar desgastes e consumos excessivos. Por isso, é tão importante saber detetar os problemas relacionados com este aspeto e se for necessário, corrigi-los na sua oficina de confiança.

As rodas são na realidade quatro elementos independentes que devem atuar coordenados como uma orquestra. Devem ter um alinhamento correto. A sua perda costuma dar-se de modo gradual pelo que normalmente ó te dás conta dela quando já está muito avançada. Convém que preste atenção a estes sintomas de direção não alinhada:

- Desgaste excessivo dos pneus: se vir que uma das rodas está muito gasta nos flancos ou deteta vibração nas rodas dianteiras, deve levar o carro à oficina para que corrijam a direção. Trata-se de uma desregulação da geometria dos elementos da direção, concretamente o ângulo de camber.

- O carro desvia-se numa direção: se notar que têm tendência a ir até um lado determinado da via pode dever-se ao facto de um dos pneus estar colocado mais para a frente ou para trás do seu eixo do que deveria estar (ângulo de caster). Por isso, a roda estira-se mais para um dos lados e o carro desvia-se mesmo que conduza em linha reta. Se conduzir assim, os pneus desgastar-se-ão de modo irregular e a sua segurança ao volante ver-se-á afetada.

- Travões desequilibrados: os discos de travão curvados ou as jantes descalibradas provocarão vibrações e desalinham a direção, aumentando a distância de resposta e o desgaste dos pneus.

- Direção rígida: se o volante está muito duro, pode haver problemas nalgum elemento do sistema de direção. Se esta está desalinhada, provoca um desgaste excessivo das peças e um pior rendimento.

- Mais visitas à bomba de gasolina: se o carro consome mais do que costumava, pode dever-se a um alinhamento incorreto dos pneus. Debilidades no estado destes elementos, bem comoda direção ou suspensão, têm um impacto direto sobre o consumo de combustível, obrigam o veículo a consumir mais carburante para obter o mesmo rendimento.

Não se esqueça que é muito importante realizar alinhamentos da direção de forma regular, sempre que se mudem os pneus o a cada 20000 km aproximadamente. É um gesto que a longo prazo pode evitar problemas e custos desnecessários relacionados com o seu carro.

A Vulco é o médico do seu carro. Encontre aqui a sua oficina mais próxima.

Fonte: Goodyear.


Pesquisa

Categorias

Arquivo

Etiquetas